Skip to content

Afinal de contas,o que é ter estilo?

20/01/2011

Já reparou que, às vezes, olhamos para um pessoa e pensamos: “nossa, como ela tem estilo!” ? Mas, afinal de contas, o que é ter estilo? Por que estilo, todos temos. Todas as pessoas ao escolher uma roupa para sair levam em conta o seu estilo pessoal, seja essa escolha consciente ou não. E o nosso estilo deve levar em conta vários fatores como os nossos valores, região geográfica, características físicas, objetivos, estilo de vida, personalidade, etc! As peças que a gente escolhe devem estar de acordo com a mensagem que queremos passar para o mundo.

Mas o que é determinante mesmo para ser uma pessoa “estilosa” é se conhecer muito bem, saber direitinho quais são seus pontos fortes e quais são os pontos que você gostaria de disfarçar e suas preferências. Além de saber o que você quer comunicar com o seu estilo.

Outra coisa que muita gente tem dúvida é na relação moda x estilo. O estilo deve ser bem definido, pois a pessoa que se veste com um estilo diferente a cada vez transmite uma imagem de pessoa insegura e não é isso que a gente quer, certo? 😉 Já a pessoa que conhece muito bem o estilo que tem usa a moda para garimpar, dentro do que as tendências propõem, o que está de acordo com a sua personalidade, características e objetivos. Isso faz com que ela passe uma imagem moderna e atual, mas única. Além disso, quando a gente passa a se conhecer melhor, conseguimos experimentar peças nunca usadas antes, isso é liberdade e segurança e isso é que faz a gente sustentar essa imagem, mesmo tendo peças novas: conhecimento do que a gente é e do que a gente quer.

Há algumas teorias sobre estilo, entre elas a Teoria Clássica e o Estilo Universal. Ambas apresentam alguns estilos definidos. Na Teoria do Estilo Universal, por exemplo, há os estilos esportivo/natural, tradicional, clássico refinado, feminino/romântico, sexy, criativo e dramático/urbano (Podemos falar melhor disso depois!!!). É baseando-se nessas teorias que o Personal Stylist/Consultor de Imagem trabalha. Ele descobre qual o estilo do cliente e concilia com a sua personalidade, tipo físico, estilo de vida, profissão… Isso também ocorre na caracterização de personagens de filmes, novelas e seriados feita pelos profissionais responsáveis.

Para finalizar esse post, gostaria de propor um desafio para todos nós: que tal passar a observar o tipo de roupa que mais usamos e gostamos, os locais que frequentamos e os nossos interesses pessoais para tornar o nosso estilo mais definido? É uma delícia essa etapa de auto-conhecimento e da tentativa de refletir isso em nossas roupas. Afinal de contas, o estilo é a nossa marca, é o que nos diferencia das outras pessoas, “estilo é a nossa imagem que passamos, é o registro da nossa personalidade e das nossas atitudes.” (Bianca Marchini). E quando a gente se conhece melhor e investe na nossa imagem, a autoestima fica mais alta e, consequentemente, ficamos mais seguros para enfrentar o mundo.

“A primeira qualidade do estilo é a clareza.” – Aristóteles


Anúncios
24 Comentários leave one →
  1. 20/01/2011 09:11

    Oi Carol…concordo suuuper que o que diferencia o estilo é se conhecer melhor!!
    Quando a gente sabe destacar nossos pontos fortes, nos destacamos naturalmente!
    Vale a pena fazer esse exercício diante do espelho!! Beijoss

    • 20/01/2011 12:06

      Oi,Nina!
      Com certeza,se a gente se conhece
      bem,acerta na escolha dos looks quase que
      100% e ainda tem muito mais segurança,né?
      =)
      Bjos!
      – Carol –

  2. Luciane Cavalcante permalink
    20/01/2011 09:24

    Carol, adorei o post e concordo plenamente com vc.

    Algumas horas, realmente, é complicado adaptarmos nosso estilo ao mundo louco da moda, mas sempre tem uma coisinha aqui, outra alí, que se encaixa ao nosso perfil e não nos deixa sentir um peixinho fora d’agua.

    um bjo!

    • 20/01/2011 12:05

      Obrigada,Luciane!
      Tem razão,tem que saber discernir
      o que tem e o que não tem a ver,né?
      Bjos!
      – Carol –

  3. 20/01/2011 09:47

    Adorei o post!!!!
    Adorei a dicas e o post e ótimo p refletir tbm. Acredito q o meu e mais p o universal. Bjjjjss

    • 20/01/2011 12:04

      Obrigada,Jelly!
      Tá pra nascer pessoa mais
      bem resolvida e feliz com o estilo
      do que vc!! 🙂
      Adoro!
      Eu voto que o seu seja o Criativo hehe
      Que,por sinal,é um dos que eu não tenho,mas
      gosto muito, pq a pessoa consegue misturar
      tendências/estampas/etc e monta looks incríveis
      e únicos!
      Bjos!
      – Carol –

  4. 20/01/2011 10:04

    sou mais uma que gostou da dica mas, para eu por tudo isso em pratica primeiro vou ter que comprar um espelho lá pra casa.
    Sim amigas não tenho espelho.. que vergonha alheia rsrs

    • 20/01/2011 12:01

      Obrigada,flor!!
      Sério??rs
      Lá em casa tem um maiorzinho,mas
      não é tão grande como eu gostaria!
      Queria ter aqueles espelhos de provador
      de loja,sabe?haha
      Bjos!
      – Carol –

  5. 20/01/2011 10:26

    Super post Carolll!!! Acredito que o nosso estado de espírito também conta muito na hora de se vestir, gosto de coisas as vezes bem diversas uma das outras, por exemplo amo peças vintage e delicadas, mas também curto muito uma pegada militar/rocker, depende da ocasião/humor. As peças são diversas, mas respeitando meu perfil que é mais feminino. Acho que quando não é dessa maneira, fica parecendo algo forçado ne?
    Beijos querida,
    Jaque

    • 20/01/2011 12:00

      Obrigada,Jaque!
      O nosso estado de espírito sempre conta,
      seja na cor ou no modelo das roupas que
      escolhemos.Só não podemos deixar o abatimento
      de alguns momentos influenciar demais,pois se não,
      ficamos com uma aparência mais triste tb.
      Acho que você faz certinho (acho não,tenho certeza,
      adoro os looks de vocês!!rs) e, por ser blogueira,
      tem que usar peças mais atuais mesmo! 😉
      Bjos!
      – Carol –

  6. 20/01/2011 10:46

    Acho que a questão de região geografica conta muito, não pelo clima e tal, mas pela cultura das pessoas.Aqui onde moro, em Cascavel no PR, é uma cidade que cada dia cresce mais, mas o grande fator de renda aqui é a agropecuária, logo as pessoas tem uma cabeça muito pequena, no sentido que todo mundo quer ter sobrenome e dinheiro, se vestem e se comportam de um jeito lamentavel.Mas a anos eu parei de me importar com isso, e fiz muitas amizades com pessoas que pensam como eu, mas acho que sem duvidas eu poderia ousar bem mais numa cidade onde as minhas vestimentas não importassem!

    beijo

    • 20/01/2011 11:56

      Tem razão,Thaila!
      Isso faz diferença sim.
      Aqui em BH,considero algumas
      pessoas mais fechadas ainda para
      o que é diferente.Isso comparando
      com outras capitais como São Paulo e Rio.
      Mas tomara que isso mude. Aliás,acho que o
      primeiro passo tem que ser nosso,né? Parabéns
      por agir assim! =)
      Bjos!
      – Carol –

  7. 20/01/2011 11:38

    Concordo demais! Temos que escolher dentro das tendências propostas a cada coleção aquilo que combina conosco, que faz parte do nosso universo. Aí sim será ter estilo próprio.
    bjs
    http://www.clubpop.com.br/

    • 20/01/2011 11:58

      Falou tudo,Su!
      E no mais,ficamos dentro do nosso estilo
      e modernas ao mesmo tempo! 😉
      Bjos!
      – Carol –

  8. 20/01/2011 12:56

    Adorei o seu post! Super concordo com vc, até fiquei sem palavras hehe

    http://www.teliganadica.wordpress.com

  9. 20/01/2011 13:08

    Concordo com vc. Great Post!
    Logico que existe pessoas com mais e com menos estilo…
    xx

    http://www.ilovenystyle.blogspot.com

    • 20/01/2011 15:41

      Obrigada,Gorete!
      Bom,acho que tem pessoas que
      não se conhecem o bastante para
      saber qual é o seu verdadeiro estilo,
      aí misturam d+ ou compram peças
      que não tem a ver com ela,etc…
      Beijos!
      – Carol –

  10. 20/01/2011 14:10

    Estou fazendo curso de personal stylist, e adoreeei o post, justamente por ter um pouquinho do que tenho estudado. As vezes as pessoas falam que são super versáteis, mas precisam entender que sempre há um estilo que predomina na gente e é importante e divertido saber, até mesmo para facilitar a nossa vida e não fica na dúvida na hora das compras.

    • 20/01/2011 15:44

      Olá, Amanda!
      Que ótimo! O curso é maravilhoso,né?
      A gente passa a enxergar as nossas
      escolhas de outra forma! 😉
      E como facilita a vida!Falou bem… =)
      Bjos!
      – Carol –

  11. 20/01/2011 15:10

    Carol, concordo com você e acho bem difícil definir um estilo próprio…pois eu sou muito de comprar e usar roupas pelo meu humor, mas desse jeito as vezes erramos a mão e não conseguimos entender porque aquela peça não combina com nada do nosso guarda roupa…e a resposta é simples: não combina com seu estilo!!

    E para isso não acontecer…só prestando bastante atenção ao nosso estilo de vida, como você disse!!adorei o post!!

    Bjos,

    http://everlastinghoney.blogspot.com

    • 20/01/2011 15:48

      Olá, Van!
      Com certeza isso é o que mais acontece!
      Depois que vi quais estilos eu mais uso
      e adaptei ao meu dia-a-dia tudo ficou bem mais
      fácil, desde às compras até na hora de escolher
      o que usar. É bom fazer uma limpeza no
      guarda-roupa e depois ver quais peças
      combinam entre si.A vida fica até mais leve rsrs
      Obrigada!!
      Beijos!
      – Carol –

  12. regatabranca permalink
    20/01/2011 15:52

    Amei o post, ficou ótimo!!!
    Parabéns!
    Bjs,
    Mari
    http://regatabranca.wordpress.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: